Uncategorized

A BUNDA DA ESPOSA DO PESCADOR.

Amateur

A BUNDA DA ESPOSA DO PESCADOR.
Bom dia. Sou empresário no Recife e tenho 6 chalés de praia na ilha de Itamaracá. Lá no terreno tem essa casa onde moram o caseiro e sua esposa. Pessoas bem simples e de pouca cultura. Eles vivem de manutenção de casas de veranistas e ele pesca também. Sou bem casado e de família tradicional. Mas fiquei louco pela bunda dessa mulher desde a primeira vez que a vi. Notei que o marido é super grosso e não a trata com carinho nem a devida atenção. Ela já tinha notado meus olhares para seu corpo e sorria desconfiada. Quando vou nos finais de semana geralmente sigo na sexta e minha esposa no sábado; dia em que recebemos amigos e familiares. Vou na sexta para providenciar algo que falte. E Rute me ajuda nisso. Resolvi arriscar. Aquela mulher me dava muito tesão. No carro sempre perguntei pela vida dela. Ela tímida; mal falava. Falei que ela era linda e que o marido devia tratar melhor. Vi seu sorriso aparecer e seu olhar para mim. Ela falou que linda era minha esposa. Confirmei; mas também falei que elas tinham belezas diferentes e eram mulheres atraentes. No carro fomos conversando e de vez em quando colocava as mãos em suas pernas morena. Ela usava vestidinho estampado; azul. Como ela não tirava a perna fui deixando cada vez mais e apimentando o papo. Até que falei que sempre a olhava porque me sentia atraído. Ela falou que também sentia. Mas éramos casados. Falei que podíamos nos curtir e que ficaria somente entre nós dois. Ela falou que era perigoso e calei-me. No estacionamento; no final mesmo, fiquei entre dois carros. Pedi um beijo. E nos beijamos ali. Ela começa a ficar ofegante e minhas mãos vão em seus seios. peço para relaxar e logo sua mão vem para meu short. Ela estava louca de tesão. Falei que queria muito ela como mulher. Que queria dar carinho que ela merecia. Seu marido estava em alto mar; pescando. Chegamos em casa e tranquei o portão. os chalés estavam vazios e fomos a sua casa. Lá continuamos e logo estávamos nus na sala mesmo. Senti em minhas mãos essa deliciosa bunda. e que bunda! Vou colocando o dedo em seu reguinho quente e bastante suado. ela tenta tirar; envergonhada. Falo que adoro. Que sempre desejei a bunda dela. Me ajoelho atrás dessa morena e abro sua bunda. Ela me chama de louco. Começo a beijar e já sinto o cheirinho exalando do meio desse monumento. Cheiro de bunda de casada. Diferente do da minha esposa. Mas tão excitante quanto. Quando começo a lamber ela tenta sair. Puxo e digo que adoro. Logo eu estava saboreando o meio de sua bunda; subindo e descendo com minha língua. cheguei em seu ânus e enfiei fundo. ela gemia e puxava minha cabeça para dentro desse rabo enorme e gostoso. Falei que queria foder sua bunda. Ela disse que não gosta; que dá ao marido por obrigação. Isso me deu mais tesão ainda. Falei que seria carinhoso. Ela afirmou ter vontade de me dar e resolveu ceder. Lambuzou o meio da bunda com manteiga e veio chupar meu pau. Boca super quente e molhada. Ela babava para meu pau ficar lubrificado. Ficou de quatro em sua cama; de pernas abertas. que cavala gostosa. Fui elo meio e coloquei meu pau em seu cu. Ela comandava. Vinha devagar e eu sentia seu buraco se abrindo e tentando engolir meu pau. Doía e ela parava. Esperei pacientemente até que a cabeça passou e ela gritou. Parou para se acostumar. Logo ela vinha mais para trás. O cheiro de sua bunda misturado a manteiga tomava conta do local e me deixava mais excitado. Ela vinha e meu pau entrava cada vez mais. Sentia ele envolvido pelo seu buraco quente e macio. Que bunda gostosa. Quando estava tudo atolado ela mandou eu socar devagar. Meu pau saía todo e entrava até o talo. Dava para ver ele todo melado de manteiga. Ela começa a se peidar e desculpar. Falo que isso é normal e dá tesão. Ela se toca na buceta e começa a gemer. chamo ela de safada e digo que quero que ela cague em meu pau. Aí ela se solta. Fala que está com dor de barriga e goza pela primeira vez. Manda eu meter mais e já se toca de novo. Vejo meu pau melado de merda e digo que a puta está cagando nele. ela diz que quer isso e logo goza de novo; tendo espasmos. Pensei que ela ia parar. Continuo metendo. Eu queria gozar naquela bunda. Soco mais forte e ela fala que vai gozar novamente. Que tesão do caralho! Na hora que eu disse que ia gozar ela fala que também está gozando e gozamos juntos. Foi algo maravilhoso. Eu enchia sua bunda com meu esperma e ela dizia estar sentindo. Fui ao banheiro me lavar. Pego o celular e faço essa foto. ela estava exausta. Tinha de mostrar para vocês. Ela nem imagina isso. Como tínamos o resto da manhã e tardes livres; resolvi que faríamos algumas loucuras com essa bunda. Só que na minha casa e com coisinhas inusitadas. e ela estava pronta para experimentar os prazeres ocultos e desconhecidos. Pobre do maridinho. Visite meu perfil e veja diariamente fotos, contos e filmes picantes e deliciosos.
deleted

Bir cevap yazın

E-posta hesabınız yayımlanmayacak. Gerekli alanlar * ile işaretlenmişlerdir

gaziantep escort antep escort izmir escort karşıyaka escort malatya escort bayan kayseri escort bayan eryaman escort bayan pendik escort bayan tuzla escort bayan kartal escort bayan kurtköy escort bayan ankara escort kayseri escort