Uncategorized

Coleguinha de Escola, Amiga da Ex

Coleguinha de Escola, Amiga da Ex
Um belo dia de Primavera, estava eu em casa e recebi uma mensagem (sms), ao ler a mesma, deparei-me com a solidariedade de uma colega de escola, para comigo, pois, tinha-me falecido um familiar à bem pouco tempo. Na sms, ela oferecia-se para me dar apoio e para desabafarmos ou beber um copo.
Já à uns dias que eu andava a reparar na maneira como ela me falava e na insistência das suas mensagens e sorrisos para mim, pelo que, eu pensei para comigo, “vou ver o que é que sai daqui, ela até tem um corpinho todo bom…”. E assim foi, sai de casa e fui ter com ela a um jardim, que ficava a meio de minha casa e a casa da irmã dela, que era onde ela estava a dormir.
Eu tinha cerca de 20 anos e ela tinha uns 18, morenaça, cabelos pretos, 1.70 m, uns 58 kg e com cara de bonequinha, que dava muita vontade de beijar…
Sentamos nos bancos de jardim e começamos a falar, eu comecei a fazer charme para ela e percebendo que ela estava desejosa de me agarrar, comecei a brincar com ela, sempre a fugir dela, mas de maneira que ela percebe-se que eu estava disposto a estar com ela, pois, não queria perder a oportunidade de estar com ela.
Como estava-mos parados, sentados naqueles bancos, começamos a ficar com frio, ao que eu lhe meti um braço por cima e a cheguei para mim, ela adorou que eu a agarra-se daquele jeito. Comecei a acariciar-lhe as costas e a encostar a minha cabeça na dela, enquanto a minha mão descia pelas costas abaixo, eu já estava cheio de tesão por esta altura e sentia que ela também estaria também. Ela virou a cara para mim e começou-me a beijar o pescoço, eu tremi todo… Voltei a cabeça repentinamente e espetei-lhe um linguado, ela soltou um gemido de prazer. Decidi avançar e meti-lhe as mãos dentro da roupa para lhe sentir aquelas mamas bem feitas e durinhas, ela voltou a gemer. Por esta altura, estava com tanta tusa que já me estava a doer ter a piça presa dentro das calças, pelo que a soltei e puxei-lhe a cabeça para baixo, ela lutou contra a minha vontade e perguntou-me se eu estava doido, ao que eu respondi que estava louco de tesão por ela. Este argumento fez com que me começa-se a fazer um broxe maravilhoso, mas sem grande vigor, pois o parque era junto à estrada e havia sempre carros a passar. Eu levantei-me e puxei-a pela mão, levei-a em direcção a um local mais escondido, de maneira que pudesse-mos continuar mais à vontade. Sentei-a num degrau e fiquei em pé com ela a fazer-me o melhor broxe que já havia recebido até aquela data! Mas com a excitação que eu estava, o local onde estava-mos, ela ser amiga da minha ex-namorada… Demorei uns valentes minutos a atingir o orgasmo, mas foi tão violento, que quando lhe acertei na boca, até fez ricochete, ela tirou da boca por uns segundos, recompôs-se e voltou a chupar a minha piça, até eu estar totalmente satisfeito.
Na semana seguinte a troca de sms continuou e na escola começamos a passar muito tempo juntos, ao que ela queria muito foder comigo e eu com ela. Pelo que ela me convidou a ir a casa da irmã no fim das aulas e assim foi, entramos em casa e começamos aos amassos e a despir. Ela tinha alguns pelos por cima da coninha, mas aparadinhos, pelo que eu achei fofinho e comecei logo a lamber aquela cona que tanto ansiava por mim. Fizemos um 69 maravilhoso em que eu a lambi toda, desde aquela rata húmida e quente, até ao olho do cu… Ela gemia que nem uma cabra e eu adorava ouvir aqueles gemidos que ela dava. Ela chupava-me os colhões com bastante rigorosidade, chupava a minha piça e deixou-me louco quando me lambeu o olho do cu… Nunca me tinham feito tal coisa, mas soube-me imensamente bem…
De seguida, penetrei-a no missionário, eu por cima dela, fodia-mos como dois animais, todos suados e com vontade de muito mais. Ela saltou para cima de mim e cavalgava como uma louca, sempre com gemidos e muito suor à mistura, até que se veio e se agarrou a mim. Eu ainda não estava satisfeito até porque ainda não me tinha vindo, pelo que a posicionei de quatro e a comi por traz, à canzana… Essa continua a ser ainda hoje a posição que mais me excita, por poder observar o cu a “dançar” e a minha piça a penetrar a ratinha. Pelo que me vim com força contra aquele corpo delicioso.
Voltamos a foder mais umas vezes, ora na casa da irmã dela, ora no meu quarto, em casa dos meus pais. Tivemos momentos bastante interessantes e adorei ter esta gata como parceira sexual por algum tempo, ficaram boas memórias…

Bir cevap yazın

E-posta hesabınız yayımlanmayacak. Gerekli alanlar * ile işaretlenmişlerdir

gaziantep escort antep escort izmir escort karşıyaka escort malatya escort bayan kayseri escort bayan eryaman escort bayan pendik escort bayan tuzla escort bayan kartal escort bayan kurtköy escort bayan ankara escort kayseri escort marmaris escort fethiye escort trabzon escort film izle bursa escort bursa escort bursa escort esenyurt escort avcılar escort ankara escort çapa escort mersin escort keçiören escort konuşanlar izle mersin escort kızılay escort escort ankara hack forum eryaman escort escort demetevler escort ankara escort bayan